Agora MT Brasil Relatório do CNJ mostra que o INSS é a instituição mais processada...
3,8 MILHÕES DE PROCESSOS

Relatório do CNJ mostra que o INSS é a instituição mais processada do Brasil

Sozinho, o órgão é responsável por 3,8 milhões de ações em aberto, o que representa 4,5% do total do país

Fonte: R7

Imagem: Marcello Casal Jr Agencia Brasil previdencia social Relatório do CNJ mostra que o INSS é a instituição mais processada do Brasil
Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) – Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é a instituição mais processada do Brasil atualmente. Segundo o relatório Justiça em Números, do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o órgão é responsável por 4,5% das ações em aberto no país. Isso é equivalente a 3,8 milhões de processos que têm o INSS no chamado polo passivo (quem é demandado).

O documento do CNJ, divulgado nesta terça-feira (28), traz um ranking com os 20 maiores litigantes brasileiros. Em segundo lugar aparece a Caixa Econômica Federal, com 2,4 milhões de processos em tramitação, representando 2,8% do total de ações no país. O próximo da lista é o Banco Bradesco, com 572 mil demandas em aberto, 0,68% do total.

Segundo o relatório do CNJ, a apresentação dessas informações permite “mapear tendências no ajuizamento e no acervo dos casos e, com isso, implementar medidas adequadas de tratamento de conflito de massa”.

Uma peculiaridade apontada pelo documento é o fato de o Poder Público ser a principal fonte de processos. Isso se repete tanto no polo passivo quanto no polo ativo (quem demanda) das ações.

De acordo com o relatório, 11,7% dos processos tramitam contra a administração pública, defesa e seguridade social. Além disso, 29,5% dos casos pendentes foram interpostos pela administração pública em alguma das esferas.

Em relação aos temas, os principais motivos para entrar na Justiça envolvem: atividades financeiras e de seguros; comércio e reparação de veículos; atividade industrial; construção; atividades administrativas e serviços complementares. Todos esses aparecem depois dos processos movidos contra a administração pública.

Relacionadas

Inscrições para o Enem 2024 encerram nesta sexta-feira (14), alerta Seduc-MT

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) alerta os alunos que ainda não fizeram as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Duas pessoas ficam feridas após colisão entre moto e bicicleta na Rodovia do Peixe

Dois homens, sendo um ciclista de 31 anos e um motociclista de 54 anos, ficaram feridos após uma colisão frontal, na noite desta quarta-feira...

Morre economista Maria da Conceição Tavares, aos 94 anos

A economista, professora e ex-deputada federal Maria da Conceição Tavares morreu neste sábado (08) aos 94 anos. Ela foi pioneira do pensamento econômico desenvolvimentista,...

Pátio e Marchiane ‘trocam farpas’ após prefeito não concordar com posicionamento político da empresária

O posicionamento político declarado pela empresária e presidente da Associação Comercial e Industrial de Rondonópolis (Acir), Marchiane Fritzen (UB), não parece ter agradado muito...

SES integra missão que vai implantar atendimentos em saúde digital para povos indígenas de MT

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), em parceria com o Ministério da Saúde, fará a implantação da plataforma de saúde digital nas tribos...

Brasil registra média de 494 denúncias de violência contra idosos por dia

Em cinco meses, 74.239 denúncias foram feitas por violência contra idosos no Brasil, segundo dados do Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania que consideram...

PP declara apoio à pré-candidatura de Thiago Silva em Rondonópolis

O Partido Progressistas, liderado em Mato Grosso pelo presidente estadual deputado Paulo Araújo, selou apoio ao nome de Thiago Silva, que é pré-candidato a...

Professora é acusada de agredir aluno de 8 anos em Ouro Branco

Uma criança de 8 anos, com Transtorno Opositor Desafiador (TOD), foi agredida por uma professora na Escola Estadual de Educação Especial Professora Maria Corrêa...

Governo Federal reajusta em 8,4% remuneração dos profissionais do Mais Médicos

O Ministério da Saúde reajustou em 8,4% a bolsa dos profissionais do Programa Mais Médicos. Com o aumento, atualizado pela última vez em 2019,...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas