Agora MT Brasil Após três dias foragido, presidente do Solidariedade se entrega à Polícia Federal
ALVO DE OPERAÇÃO

Após três dias foragido, presidente do Solidariedade se entrega à Polícia Federal

Eurípedes Júnior é suspeito de desviar R$ 36 milhões em recursos de fundos eleitorais e partidários

Fonte: R7

Imagem: aaaaaaaaaaaaaaaaaaa Após três dias foragido, presidente do Solidariedade se entrega à Polícia Federal
Investigação aponta desvio do fundo eleitoral
(DIVULGAÇÃO/ PROS)

Na manhã deste sábado (15), o presidente do Solidariedade, Eurípedes Júnior, se entregou à Polícia Federal depois de três dias foragido. Ele foi acompanhado pelos advogados à Superintendência da corporação em Brasília. O político foi alvo de uma operação da PF na última quarta-feira (12), mas não foi encontrado na ocasião.

Dos sete mandados de prisão preventiva expedidos, apenas o de Eurípedes — que também foi dirigente do PROS (Partido Republicano da Ordem Social) , sigla que se fundiu ao Solidariedade em 2023 — não foi cumprido no dia da operação.

Em nota divulgada neste sábado, a defesa de Eurípedes explicou que, antes de se apresentar à PF, ele se licenciou do exercício das suas funções de dirigente partidário. “Os advogados que integram a sua defesa afirmam que o Sr. Eurípedes Gomes de Macedo Júnior demonstrará perante a Justiça não só a inconsistência dos motivos que levaram à sua prisão preventiva, mas também a sua total inocência diante dos fatos que estão sendo investigados no inquérito policial”, alegou a defesa.

Após Eurípedes se apresentar à Polícia Federal, o Solidariedade emitiu um comunicado sobre o afastamento dele da presidência da legenda, que será ocupada a partir de agora pelo deputado federal Paulinho da Força (SP).

“Essa solicitação é compatível com o estatuto partidário. Dessa maneira, a secretaria geral do Solidariedade tomará todas as providências necessárias e cabíveis para o seu imediato atendimento, tendo em vista a regular continuidade do exercício da direção partidária”, afirmou a direção nacional do partido.

Além disso, o Solidariedade destacou que “os fatos que estão sob investigação são anteriores à incorporação do PROS pelo Solidariedade — que aconteceu em 2023 —, razão pela qual o partido desconhece quaisquer informações a respeito, além daquelas que estão sendo amplamente divulgadas pela imprensa”.

Operação da Polícia Federal
Eurípedes foi o principal alvo da operação da PF desta semana. Os outros alvos foram dirigentes, ex-dirigentes e candidatos que concorreram a cargos pelo PROS nas eleições de 2018, antes de a sigla ser incorporada ao Solidariedade. A PF investiga, entre outras possíveis irregularidades, o uso de candidaturas laranja para receber dinheiro do fundo eleitoral.

Além de candidaturas laranja, os investigadores ressaltam que encontraram indícios de superfaturamento de serviços de consultoria jurídica e desvio de recursos partidários destinados à FOS (Fundação de Ordem Social), a fundação do partido.

As investigações começaram em 2018, e segundo fontes na Polícia Federal, do início da apuração até 2023, a suspeita é de que tenham sido desviados R$ 36 milhões. Eurípedes teria comprado um helicóptero avaliado em R$ 2,4 milhões para uso pessoal com dinheiro do fundo.

“Os envolvidos estão sendo investigados pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, furto qualificado, apropriação indébita, falsidade ideológica eleitoral e apropriação de recursos destinados ao financiamento eleitoral”, disse a PF.

Júnior é indicado como líder de uma organização criminosa, da qual também participariam: a própria esposa, Ariele Macedo; as duas filhas, Jheniffer e Giovanna de Macedo; o primo, Alessandro Sousa, ao lado da esposa, Cíntia Lourenço; o irmão Fabrício Gomes; a cunhada, Kelle Dutra.

Enquanto Ariele e Giovanna Macedo são citadas como laranjas do esquema, a outra filha de Eurípedes Júnior, Jheniffer Macedo, participaria do grupo central da organização criminosa. Segundo o relatório da PF, os alvos agiam em várias frentes, desviando recursos destinados à manutenção da legenda pelo Fundo Partidário e à promoção de candidaturas pelo Fundo Eleitoral.

Para a lavagem do dinheiro, há indícios de uso de empresas e fundações, além da contratação de serviços de advogados. Compra e venda de imóveis também estão entre as transações utilizadas como evidência de crime pela polícia. Viagens da família ao exterior, como à cidade de Miami (EUA), também levantaram suspeita.

Relacionadas

Dados mostram que 90% das mortes em cidade mato-grossense são de criminosos ligados a facções

Dados do Observatório da Secretaria de Estado de Segurança Pública apontam que 90% dos casos de homicídio no ano passado, em Sorriso, envolveram pessoas...

Polícia Militar apreende mais de 1,2 tonelada de drogas em Mato Grosso em 15 dias

A Polícia Militar de Mato Grosso retirou de circulação mais de 1,2 tonelada de entorpecentes nos últimos 15 dias em todo o estado. As...

Condenado a 14 anos pelo estupro da filha é preso pela Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia de Tapurah cumpriram na sexta-feira (19) a prisão de um homem condenado a 14 anos pelo estupro da própria filha. O...

Lucro bilionário do FGTS será decidido nesta terça-feira; saiba quem tem direito

O lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço ( FGTS) de 2023 será definido nesta terça-feira (16), e a distribuição para os trabalhadores...

Oito em cada dez quilombolas vivem com saneamento básico precário, diz Censo

De cada dez quilombolas no país, praticamente oito vivem em lares com saneamento básico precário ou ausente. São 1,048 milhão de pessoas que moram...

Jovem de 19 anos morre ao bater moto e destruir muro em MT

Um jovem motociclista identificado como Carlos Henrique Moraes Paes, de 19 anos, morreu após bater uma moto Honda CBX 200 Strada no muro do...

Após execução, criminosos morrem em confronto com a Força Tática em Mato Grosso

Dois criminosos morreram em um confronto com policiais militares da Força Tática, na tarde desta terça-feira (16), no município de Ribeirãozinho-MT. Conforme a Polícia...

Homem é preso suspeito de mostrar órgão genital para moradores do bairro Santo Antônio

Um homem foi preso pela Polícia Militar (PM), suspeito de mostrar o órgão genital para moradores, na rua Bartira, no bairro Santo Antônio, na...

Após caso de doença de Newcastle, governo suspende exportação de frango e derivados para 44 países

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) decidiu, nesta sexta-feira (19), suspender a exportação de carnes de aves e derivados para 44 países. A...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas