Agora MT Brasil Dívidas de famílias chegam a 78,8% e atingem maior nível desde novembro...
TERCEIRO MÊS SEGUIDO

Dívidas de famílias chegam a 78,8% e atingem maior nível desde novembro de 2022

Pesquisa mostra que brasileiros continuam aumentando sua demanda por crédito, aproveitando o menor custo com juros

Imagem: DINHEIRO Dívidas de famílias chegam a 78,8% e atingem maior nível desde novembro de 2022
Percentual de famílias endividadas no Brasil subiu pelo terceiro mês seguido – Foto: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

O percentual de famílias endividadas no Brasil subiu pelo terceiro mês consecutivo e atingiu 78,8% em maio deste ano. Em abril, a taxa era de 78,5%, enquanto que, em maio de 2023, a proporção de endividados era de 78,3%. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

Com o resultado de maio, divulgado nesta segunda-feira (10), o percentual de famílias com dívidas no país atingiu o maior patamar desde novembro de 2022. A pesquisa considera endividados aqueles que possuem qualquer dívida, ainda que ela não esteja em atraso, como, por exemplo, compras no cartão de crédito ou financiamentos.

Para a CNC, o dado mostra que as famílias continuam aumentando sua demanda por crédito, aproveitando o menor custo com os juros. A meta da taxa básica de juros, a Selic, vem caindo a cada reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), desde agosto do ano passado (quando recuou de 13,75% para 13,25%). Atualmente, está em 10,50%.

O percentual de famílias que se consideram muito endividadas chegou a 17,8% em maio último, acima dos 17,2% de abril.

Já as pessoas com dívidas ou contas em atraso são consideradas inadimplentes. O percentual de inadimplência entre as famílias brasileiras ficou em 28,6% em maio deste ano, o mesmo nível de abril, mas abaixo dos 29,1% de maio do ano passado.

Entre o total de famílias, o percentual daquelas que não terão condições de pagar suas dívidas ficou em 12% em maio, abaixo dos 12,1% do mês anterior, mas acima dos 11,8% de maio de 2023.

Dívidas

Entre os fatores de endividamento das famílias destacam-se o cartão de crédito (86,9% dos casos), carnês (16,2%) e crédito pessoal (9,8%). Um dos destaques positivos foi o cheque especial, que estava presente nas dívidas de apenas 3,9% das famílias, o menor percentual desde o início da pesquisa, em 2010.

A previsão da CNC é que o percentual de endividados siga crescendo até dezembro, quando deverá atingir a parcela de 80,4%.

Relacionadas

Mais de 3,2 mil vagas de emprego estão disponíveis em Mato Grosso nesta semana

O Sistema Nacional de Emprego (Sine-MT), vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), divulgou a oferta de 3.265 oportunidades para...

Vigilante condenado por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil

Um vigilante condenado pela Justiça por estupro de vulnerável, foi preso pela Polícia Civil, nesta terça-feira (11), no município de Barra do Garças-MT. Com a...

Besouro Azul terá série animada para continuar a história

O Besouro Azul está de volta. Só que agora em série animada. A Warner Bros. Animation e a DC Studios desenvolvem um projeto de...

Inclusão de 4,6 milhões de jovens nem-nem poderia impulsionar R$ 159,6 bi na economia brasileira

A inclusão dos 4,6 milhões de jovens entre 14 e 24 anos que não trabalham nem procuram emprego poderia aumentar a economia brasileira em...

Sobe para 173 o número de mortos pelas enchentes no Rio Grande do Sul

Subiu para 173 o número de mortos pelas enchentes no Rio Grande do Sul. O balanço da Defesa Civil foi atualizado neste domingo (09)...

Motorista é retirado de carro em chamas após bater veículo em muro de cemitério

Um motorista de 25 anos ficou ferido após um grave acidente na noite desta sexta-feira (14), na MT-130, na região da Penitenciária Mata Grande,...

Motorista é preso na BR-174 ao transportar 102 tabletes de entorpecentes

Força-tarefa do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Polícia Federal e Exército Brasileiro resultou na prisão de um motorista e na apreensão de 102 tabletes...

Defensor do serviço público e eficiente, Paulo José volta a criticar privatização

Conhecido como defensor do serviço público e eficiente, o pré-candidato a prefeito de Rondonópolis, Paulo José Correia (PSB) voltou a se manifestar contrário à...

Lira apresenta projeto que pune excessos nos embates entre deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), apresentou uma proposta que altera o Regimento Interno para aplicar medidas cautelares contra deputados que...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas