Agora MT Brasília ‘País precisa crescer e gerar emprego e renda’, diz ministro de Minas...
DURANTE EVENTO

‘País precisa crescer e gerar emprego e renda’, diz ministro de Minas e Energia

Alexandre Silveira falou também da necessidade de ‘estabilidade jurídica regulatória’ e de se buscar soluções inovadoras

Fonte: R7

Imagem: MINISTRO ‘País precisa crescer e gerar emprego e renda’, diz ministro de Minas e Energia
Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira – Foto: JOÉDSON ALVES/AGÊNCIA BRASIL

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que o país precisa crescer e gerar emprego e renda. A declaração foi dada durante participação, neste sábado (08), do painel de abertura ‘Visões Gerais da Nação’, no Fórum Esfera.

“A nossa visão é de que para se combater uma doença grave, precisa de ter um bom diagnóstico. E o diagnóstico é que o país precisa crescer, gerar emprego e renda. Precisa criar oportunidades de toda essa estabilidade jurídica regulatória, já que nós temos um país geopoliticamente muito bem colocado e que tem estabilidade social e política. E demonstrou isso inclusive o ano passado, com as máximas turbulências possíveis que poderiam ter acontecido. É necessário que a gente busque soluções para que voltemos a investir. E nem todas as áreas se resolve, exclusivamente, com o estado ultraliberal que acredita apenas o investimento privado”, disse Silveira.

Silveira defendeu ainda o Estado necessário e criticou o desmonte e a venda de empresas públicas para beneficiar o mercado. “Dos projetos de país que foram colocados nos últimos anos, ganhou o projeto que entende que nós temos que buscar o estado necessário, que compreende perfeitamente a necessidade da gente cada vez mais dar estabilidade jurídica, dar previsibilidade. Não se consegue buscar previsibilidade sem a boa política, que é a política de sentar-se na mesa com o empresariado, com setores da sociedade civil organizada para poder buscar soluções para os problemas do país”, disse o ministro.

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, defendeu no mesmo evento que o corte de gastos públicos, cobrado pelo mercado, seja criterioso para não comprometer o crescimento do país.

”Esta questão do corte de gastos precisa ser feita de forma seletiva, qualificada, é um processo. Já vimos que o teto de gastos regra substituída pelo arcabouço fiscal naufragou na saída”, declarou Mercadante durante sua participação em fórum. ”O país precisa crescer para resolver a crise fiscal, precisa de investimento para poder ter receita e melhorar a relação divida/PIB”, acrescentou o presidente do BNDES.

Relacionadas

Em dois anos, registro de novas armas cai 83% e entrega voluntária quase dobra

O registro de novas armas no Brasil caiu 83% entre 2022 e 2024, mostram dados do Sinarm (Sistema Nacional de Armas), da Polícia Federal....

Aposentado do Bope afasta suspeitos que tentavam assaltar mulheres

Um militar aposentado do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) estava armado e conseguiu afastar suspeitos que tentavam assaltar mulheres em Duque de Caxias, na...

Inscrições no Enem 2024 são prorrogadas até 14 de junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram prorrogadas até o dia 14 de junho, anunciou o ministro da Educação, Camilo Santana,...

Três pessoas ficam feridas após batida envolvendo duas motos no Centro de Rondonópolis

Um acidente envolvendo duas motocicletas foi registrado na tarde desta quinta-feira (13), no cruzamento entre a avenida Rui Barbosa e a rua XV de...

Polícia Militar prende casal em flagrante por tráfico de drogas

Um homem de 28 anos e uma mulher de 26 anos foram presos pela Polícia Militar por tráfico de drogas, na manhã desta segunda-feira...

Thiago Silva cobra asfalto para a região do Globo Recreio

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) apresentou indicação à Secretaria de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra), durante sessão plenária, nesta quarta-feira (12), na Assembleia...

Defesa Civil promove cursos de voluntário e radiocomunicação em desastres em Rondonópolis

A Defesa Civil de Mato Grosso promove, nos dias 18 e 20 de junho, os cursos de radiocomunicação em desastres e de voluntário de...

Lira apresenta projeto que pune excessos nos embates entre deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), apresentou uma proposta que altera o Regimento Interno para aplicar medidas cautelares contra deputados que...

Homem de 45 anos é preso pela Polícia Militar após ameaçar esposa com arma de fogo

Um homem de 45 anos foi preso pela Polícia Militar pelos crimes de ameaça e porte ilegal de arma, na madrugada desta terça-feira (11),...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas