Agora MT Destaques Polícia Civil cumpre 35 ordens judiciais para apurar furto de armas de...
OPERAÇÃO DÓLOS

Polícia Civil cumpre 35 ordens judiciais para apurar furto de armas de fogo em Fórum de MT

Armas, subtraídas por um prestador de serviço< foram vendidas para criminosos e populares

Fonte: PJC

Imagem: pc Polícia Civil cumpre 35 ordens judiciais para apurar furto de armas de fogo em Fórum de MT
Polícia Civil – Foto: PJC

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Água Boa, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (13.06), a Operação Dólos, para cumprimento de 35 ordens judiciais, que integram o trabalho de investigação do furto de dezenas de armas de fogo de dentro do almoxarifado do Fórum do município.

Na operação são cumpridos 32 mandados de busca e apreensão e um de prisão na cidade de Água Boa e dois mandados de busca e apreensão na cidade de Mauá (SP). A operação conta com a participação de mais de 100 policiais civis do estado de Mato Grosso e com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e da Polícia Civil do estado de São Paulo.

As investigações conduzidas pelo delegado de Água Boa, Matheus Soares Augusto, apontam que um prestador de serviço do Fórum, que tinha acesso à sala de armas e de objetos apreendidos, subtraiu diversas armas de fogo que ficavam guardadas no local e as revendeu para criminosos e outras pessoas da cidade.

Ainda não foi possível confirmar o número de armas subtraídas, mas a estimativa é que sejam mais de 30. As ordens de busca e apreensão tem como foco a localização das armas, assim como angariar outros elementos que possam auxiliar no avanço das investigações e na identificação das pessoas envolvidas no comércio do armamento.

“Com o cumprimento dos mandados esperamos apreender o maior número de armas possível, colher novos elementos que ajudem a esclarecer os fatos, e identificar outras possíveis pessoas envolvidas no crime”, disse o delegado.

Dólos

O nome faz referência ao ardil, a fraude, o engano, a astúcia, as malícias, as artimanhas utilizadas pelos criminosos para subtração das armas de fogo.

Relacionadas

Farmácia Popular passa a oferecer 95% dos medicamentos gratuitamente

A partir desta quarta-feira (10), 95% dos medicamentos e insumos fornecidos pelo Programa Farmácia Popular passam a ser distribuídos de forma gratuita. De acordo...

Suspeito de matar a própria mãe em mercado da família é preso em flagrante pela Polícia Militar

Um homem de 30 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar, nesta quarta-feira (10), suspeito de esfaquear a própria mãe em frente ao...

PEC da autonomia financeira do Banco Central pode ser votada nesta quarta na CCJ

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), do Senado, deve votar nesta quarta-feira (17) a proposta de emenda à Constituição que concede autonomia orçamentária...

Operação cumpre mandados de prisão e buscas contra grupo de traficantes interestaduais

A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) deflagrou nesta terça-feira (16) a Operação Narco Golpe, para cumprimento de seis mandados judiciais de prisão e...

Polícia Civil recupera duas motocicletas furtadas em casa abandonada

Duas motocicletas furtadas foram recuperadas pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (10), em Várzea Grande-MT, durante ação integrada das Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos...

Planos de saúde são notificados por cancelamento de contratos

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom) notificou 17 operadoras de planos de saúde e quatro associações de saúde para prestarem esclarecimentos sobre cancelamentos unilaterais...

Jair Bolsonaro se solidariza com Donald Trump após atentado nos EUA

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) se solidarizou com o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, que neste sábado (13) saiu ferido de um comício...

Governo de MT se reúne com comerciantes do Shopping Popular e deve liberar linhas de crédito

O Governo de Mato Grosso deve liberar linhas de crédito emergenciais para apoio aos comerciantes do Shopping Popular de Cuiabá, destruído por um incêndio...

Presidente Lula repudia atentado contra Donald Trump: “inaceitável”

O presidente Lula repudiou neste sábado (13) o que classificou de atentado contra o ex-presidente Donald Trump. Ele considerou o ato como “inaceitável”. “O atentado...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas