Foto: Varlei Cordova

Professores da rede estadual de ensino realizaram uma passeata na manhã desta segunda-feira (13/06), reivindicando negociação com o Governo. O manifesto faz parte das ações para intensificar a greve no Estado.

Com bandeiras e carro de som os professores percorreram o quadrilátero central da cidade declarando as razões da greve no Estado. O objetivo é somar forças e serem ouvidos pelo Governo, outras cidades também realizaram passeatas ou algum tipo de manifesto.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso – Sintep/MT, João Eudes da Anunciação, reforçou que serão realizadas manifestações pacificas até que se chegue a um entendimento entre o governador e a categoria.

Eudes argumentou que quinta-feira (16/06) será realizada uma assembleia geral em Cuiabá com o objetivo de avançar com as negociações, que até o momento permanece inalterada.

Leia também:  Repasse de ICMS deve aumentar em 2018 em Rondonópolis

A categoria reivindica o reajuste salarial imediato, para R$ 1.312, esperado desde 2010, o chamamento de todos aprovados no concurso público, a desvinculação de receita dos recursos da educação de Mato Grosso e o pagamento de hora atividade para os servidores contratados.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.