O ENCONTRO ACONTECEU ONTEM, NO AUDITÓRIO DA ACIR- FOTO: RONALDO TEIXEIRA/AGORA MT

Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis (Acir) realizou ontem uma reunião com os deputados estaduais solicitando a eles intervenção para que a lei da taxa de incêndio seja revogada ou modificada.

Durante o encontro os empresários da cidade reclamaram da cobrança da Taxa de Segurança Contra Incêndio (TACIN) prorrogada para 31 de julho. Os donos das empresas querem que a contribuição deixe de existir.

O presidente da Acir, Edson Ferreira, informou que vários associados ligaram na entidade reclamando da cobrança. De acordo com o Ferreira os empresários já pagam uma taxa nesse sentido para a prefeitura e que com a TACIN eles iriam pagar duas vezes pela mesma coisa. Os deputados estaduais Hermínio J. Barreto, Percival Muniz e um representante do deputado, Ondanir Bortolini (Nininho) se comprometeram em auxiliar na causa.

Leia também:  Município alerta sobre a prevenção contra a violência da primeira infância
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.