FOTO ARQUIVO - AGORA MT

Os Conselhos do Idoso, da Mulher e o Tutelar enviaram um relatório para o Ministério Público sobre a falta de atendimento na ala de ortopedia do Hospital Regional de Rondonópolis. Até o momento, há 34 pessoas esperando por cirurgia, desse total dez são idosos que assim como os outros não tem previsão para que aconteça o procedimento.

O presidente do Conselho do Idoso, Lindomar dos Santos, afirmou que os pacientes estão em condições desumanas. “Um deles chegou a pedir que amputem parte da perna para parar de sentir dor, ele não agüenta mais a situação de dura há muitos meses”, diz.

Lindomar explicou que todas as 34 pessoas foram para um hospital na Capital para serem atendidos, mas que tiveram que retornar com a desculpa de que havia infecções nas lesões e que teriam que tratar primeiro antes de passar pela cirurgia.

Leia também:  Encontro de Fé | Devotos se reúnem em procissão para comemorar os 300 anos de Nossa Senhora Aparecida

Segundo o presidente do Conselho foram colhidas informações com os pacientes e fotos que comprovam o descaso. “Essas pessoas precisam de tratamentos urgentes não importa onde, se não for aqui que sejam transferidos para outro lugar”, fala. O relatório foi entregue ao promotor de justiça, Ari Madeira, que dará encaminhamento e depois um parecer sobre a situação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.