Governador Silval Barbosa em viagem oficial à Russia. Foto: Keity Roma/Agecopa

Uma comitiva de Mato Grosso esteve em Moscou e firmaram, com os diretores da Rosoboronexport, estatal russa que atua na produção de bens e equipamentos de segurança no país, um protocolo de intenção de comercialização de produtos voltados ao combate do narcotráfico na fronteira com a Bolívia. Os russos analisam o projeto para instalação de uma fábrica de automóveis em um município mato-grossense.

As autoridades mato-grossenses visitam nesta quinta-feira (07.07) as indústrias russas de produção em larga escala na cidade de Arzamas. “A Rússia é um dos países mais avançados do mundo na fabricação de produtos de segurança com alta tecnologia. Uma característica desses produtos é que são de uso dual, podem ser utilizados para a atividade civil e militar”, aponta o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa.

Leia também:  Mortes envolvendo motociclistas teve queda de 67% nas BRs-163 e 364

Na Rússia, todos os grupos empresariais ligados ao segmento de segurança civil e militar são controlados pela Rosoboronexport, que também tem a competência exclusiva de autorizar as exportações do setor. A Rússia é o maior país do mundo em extensão e historicamente enfrentam problemas nas regiões de fronteira, assim como Mato Grosso.

“Por termos problemas similares com narcotráfico, nossa experiência em produções específicas para o combate é vasta e essa será a diretriz de nossos trabalhos com o governador Silval Barbosa. Somos muito fortes na produção de automóveis, de componentes e blocos eletrônicos, e ainda de diversas ferramentas de segurança pública e bélicas. Em praticamente todos os segmentos de alta tecnologia temos empresas russas”, diz o diretor-geral da estatal, Anatoly Isawkein.

Leia também:  Carga que saiu de MS com mais de 1 tonelada de maconha no meio de abóboras é apreendida em SP

As autoridades russas sinalizaram positivamente sobre uma cooperação técnica e comercial com o Estado de Mato Grosso, o que no país é visto como uma possibilidade de expandir na América do Sul a participação dos produtos desenvolvidos na Rússia. A direção da Rosoboronexport estuda a proposta de implantação de uma planta da fábrica dos veículos blindados da marca Tigre em um município mato-grossense.

“Com a visita à fábrica dos veículos Tigre conheceremos o funcionamento da produção, que se tornou uma referência mundial do setor de segurança. Essa aproximação do governo mato-grossense às autoridades da Rússia significa o desenvolvimento do nosso parque industrial e ao mesmo tempo o emprego de tecnologia para melhoria da segurança pública”, avalia o presidente da Agecopa, Eder Moraes.

Leia também:  Inscrição para o Sisu do 2º semestre termina nesta quinta

COMAN – As propostas de novas parcerias entre o governo de Mato Grosso e a Rússia são resultado do contrato firmado entre o Estado e o grupo Gorizont, com autorização da Rosoboronexport, para aquisição de 10 veículos equipados com o Conjunto de Monitoramento Móvel Autônomo (Coman) para controle da fronteira com a Bolívia.

O principal tópico do contrato prevê a transferência de tecnologia com a instalação da indústria em Cuiabá, onde recebe o nome de Globaltech. Um cronograma de quatro anos prevê o repasse completo das informações de produção aos engenheiros brasileiros.

Integram a comitiva à Rússia a primeira-dama e secretária de Cidadania e Assistência Social, Roselli Barbosa, o secretário de Ciências e Tecnologia, Eliene Lima, o secretário da Casa Militar, Antônio Moraes, e o diretor de Orçamento e Finanças da Agecopa, Jefferson de Castro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.