foto da internet

O saldo de contratação no Estado, no mês de junho, aponta a criação de 9.832 novos postos de trabalho, uma variação de 1,78% em relação aos 656 mil postos de trabalho apresentados em 1º de janeiro de 2011, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, mantido pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Os setores que apresentaram mais contratações em Mato Grosso em relação ao mês anterior foram a Construção Civil (1.471 postos), a Indústria de Transformação (1.396), o Comércio (1.351) e os Serviços (1.262).

“O Estado retomou a trajetória crescente da curva de empregos que havia perdido na crise de 2009. O mês de junho, comparativamente ao mesmo período nos últimos 11 anos, apresenta um índice de admissões formais em torno 38%, ou seja, um total de 24.180 empregos de carteira assinada em Mato Grosso”, afirmou o secretário adjunto da Secretaria de Trabalho, Empego, Cidadania e Assistência Social, Jean Estevan de Oliveira.

Leia também:  Grupos recebem melhoria na qualidade vida através da hidroginástica

No acumulado de janeiro a junho, Mato Grosso apresenta de 6,88% de crescimento, gerando um saldo de 36.454 empregos, durante os seis primeiros meses do ano. O destaque do período é o setor da Agropecuária, o qual foi responsável pela geração de 12,2 mil postos de trabalho. A vice-liderança fica com a o segmento da Indústria, com a criação de 10.737 empregos.

“O semestre se mostrou um período favorável para o Estado em razão da estabilidade da economia impulsionada pela colheita de grãos, fibras, produção de carne, além do incremento significativo na construção civil, principalmente, na instalação de usinas hidrelétricas em Mato Grosso”, pontuou o secretário.

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregas (Caged) destaca ainda a Região Centro-Oeste como a grande campeã na geração de postos de trabalho, sendo responsável pelo crescimento de 0,84%. No acumulado de janeiro a junho, a região central do país fica em segundo lugar do ranking, cuja geração de empregos formais atingem a marca das 159.149 contratações.

Leia também:  Possíveis desastres naturais serão enviado via SMS para população de Mato Grosso
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.