Foto: assessoria

Acompanhado de uma equipe de servidores da categoria, o presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário do MT, João Batista Souza esteve no gabinete do deputado Luizinho Magalhães (PP) solicitando o apoio do parlamentar na luta que travam para que os aprovados no concurso de 2009 possam assumir suas funções no Estado.

De acordo com João Batista, o processo está na Casa Civil.
Outro assunto da pauta é o veto do Governo do Estado ao projeto de porte de arma para os agentes penitenciários, que fazem a segurança direta dos presídios. Os servidores pedem a interferência da Assembleia Legislativa nesta questão para que o veto seja derrubado.

O deputado Luizinho Magalhães explica que esteve, a cerca de 60 dias, com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que deverá vir ao Mato Grosso para debater a segurança na fronteira e este problema levantado pelo sindicato dos agentes prisionais poderá ser apresentado diretamente.

Luizinho Magalhães defende a melhoria para a categoria e entende que “se tivermos um efetivo de acordo com as necessidades das unidades prisionais, evitaríamos muitas situações de fugas, rebeliões  e outras situações que afligem o sistema carcerário no Mato Grosso”.

Advertisements
COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.