PRESIDENTE DA ANPGIEES, VICENTE CELESTINO - FOTO VARLEI CORDOVA / AGORA MT

A Comissão de Educação se reuniu hoje na Câmara Municipal com alunos de pós-graduação em prol da desburocratização do processo de revalidação de certificados no Brasil. O presidente da Associação Nacional dos Pós-Graduados em Instituições Estrangeiras de Ensino Superior, (ANPGIEES), professor e mestre Vicente Celestino participou do encontro falando que é desnecessária a demora que chega há três anos para que alunos consigam validar seus diplomas no Brasil.

Vicente Celestino afirmou que o objetivo do encontro é tentar sensibilizar os brasileiros e a classe política da necessidade de se regulamentar em Mato Grosso os tratados do Brasil com o Mercosul para a revalidação dos diplomas desses profissionais. “Hoje as universidades não tem estrutura para atender a demanda, então as pessoas vão buscar fora do país à especialização. Só em julho mais de sete mil pessoas foram para o Mercosul se especializar, número que as instituições daqui não teriam como atender”, comenta.

Leia também:  Desfile de 7 de setembro conta com mais de 10 mil pessoas

O presidente afirmou que a expectativa é que o governo aprove uma lei que regulamente esses diplomas automaticamente. “O projeto já está na assembleia e no senado e esperamos que até ano que vem a situação seja resolvida”, fala.

O presidente da Comissão de Educação, vereador Reginaldo Santos (PPS), fez a entrega de um documento assinado por todos os vereadores como forma de apoio aos alunos que estão lutando pela revalidação de seus certificados.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.