O Brasil começou com pé direito a fase final do Grand Prix feminino de vôlei. Sem dar qualquer chance à equipe adversária, o time comandado por José Roberto Guimarães bateu a Itália por 3 sets a 0 (parciais de 25/16, 25/17 e 25/17), nesta quarta-feira, no Macau East Asian Games Dome, na China, e lidera o grupo B ao lado dos Estados Unidos, que derrotaram o Japão pelo mesmo placar (25/22, 25/17 e 25/23). Com o resultado, segundo positivo diante das italianas na competição, a seleção segue com 100% de aproveitamento em dez partidas disputadas.

As meninas brasileiras voltarão à quadra nesta quinta, também às 2h30 (de Brasília) e com transmissão da Globo e do SporTV, desta vez medindo forças com as japonesas. O time nacional encerra na sexta-feira, contra os EUA, sua participação na etapa que classificará quatro equipes (duas de cada grupo) às semifinais do torneio.

Leia também:  Corinthians vence o Fluminense de virada e se torna campeão brasileiro pela sétima vez

As meninas brasileiras já começaram se impondo no duelo com o modificado quadro europeu (apesar de contar com os reforços de Piccinini, Lo Biaco e Gioli, a camissão técnica italiana resolveu poupar Del Core, Costagrande, Ortolani e Arrighetti). Com um jogo consistente e de muita velocidade, a seleção logo abriu 11 a 4. Mas uma reação das rivais, que diminuíram para 11 a 9, fez o duelo aparentemente mudar de cara e passar a impressão de ficar mais parelho.

Com ótimo desempenho no saque, a seleção, porém, logo se recompôs e tornou a mandar, ampliando o marcador para 17 a 11 e fechando a primeira parcial em 25 a 16 após largada de Sheilla.

A Itália voltou mais agressiva para o segundo set e saltou na frente, fazendo 5 a 3. Mas Thaisa, com um saque arrasador, desmontou a recepção contrária e fez o Brasil virar para 9 a 5, mais uma vez sobrando em quadra. E também contando com grande atuação de Fabiana, quase insuperável na rede, o sexteto amarelo selou a parcial em tranquilos 25 a 17.

Leia também:  Atleta da Seleção brasileira de Hóquei é assassinado com tiro na nuca em SP

O Brasil veio disposto a matar logo o jogo no terceiro set, mas a Itália se aproveitou de alguns erros do ataque nacional e virou para 6 a 5. Muito conscientes e mostrando segurança, as meninas brasucas novamente retomaram as rédeas e abriram 9 a 6. A partir daí o que se viu foi uma irresistível arrancada do time brasileiro rumo à vitória. E, depois de um ataque de Tandara, a seleção fechou o set em 25 a 17 e o jogo em 3 a 0.

Dani Lins, Sheilla, Fabiana, Thaisa, Mari e Paula Pequeno, além da líbero Fabi, iniciaram a partida. Entraram no decorrer Natália, Tandara e Fernanda Garay. Thaisa (17), Sheilla (13) e Fabiana (12) foram as melhores pontuadoras do quadro nacional.

Leia também:  FMF confirma participação na Copa do Brasil de Seleções Estaduais Sub-20 da CBF

Rússia larga na frente
Em teoria a adversária mais forte do Brasil na competição, a Rússia suou, mas bateu a Tailândia por 3 sets a 1 pelo Grupo A do Grand Prix. Ekaterina Gamova foi a maior pontuadora com 26 acertos, e Morozova se destacou com seis pontos de bloqueio. Ao todo, o time europeu conseguiu 18 pontos no fundamento, contra apenas quatro das rivais desta quarta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.