O Vila Aurora deve ter dificuldades para a partida decisiva neste sábado, às 16 horas, diante do Plácido de Castro, pela Série D do Brasileiro, na Arena da Floresta no Acre.

O Tigre, que precisa vencer para manter viva a chance de classificação, terá muitos problemas para a partida. O primeiro e o maior deles é o fato de que a equipe vai de ônibus de Rondonópolis até a cidade de Rio Branco no Acre, onde será o palco da partida. “Sei que são mais de 30 horas de viagem e vamos sair na quinta e chegar na sexta para jogarmos no sábado, isso é muito complicado”, disse o técnico do Tigre, Paulo Bagagem.

Além do cansaço no jogo na capital acreana, Bagagem prevê também desgaste na volta. Pois o Vila deve retornar na segunda e já na quarta-feira estreia diante do União na Copa Governador do Estado. “Assim fica muito difícil”, disse Bagagem.

Leia também:  "Caçambeiros" ganham prazo para adaptação

CHANCES- O Vila para avançar a próxima fase da competição precisa vencer os dois jogos que restam e torcer para o Cuiabá marcar apenas um ponto nos próximos dois jogos.”O problema é que eles (Cuiabá) vão pegar o Nacional esfacelado e então devem ganhar e se classificarem, deste jeito não temos chance”, disse o treinador.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.