Não apenas nos primeiros anos, mas durante todas as fases da vida, o leite é essencial para o organismo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda três porções diárias do alimento ou derivados, como iogurte, queijo ou bebidas lácteas.

O alimento é fonte de vitaminas, proteínas e minerais, principalmente cálcio. Seu potencial na prevenção contra a osteoporose já bastante conhecido, porém, o alimento traz outros benefícios para a saúde e, além disso, existem muitos mitos acerca do consumo da bebida.

Confira os principais mitos e verdades sobre o leite comentados pela engenheira de alimentos Helena Camargo:

:: Leite e derivados ajudam na manutenção do peso

Verdade. Segundo Helena, há algum tempo vem se discutindo a importância da ingestão de leite e seus derivados para uma dieta saudável e nutritiva. De acordo com um recente estudo publicado no Journal of the American College of Nutrition e comandado pela pesquisadora Marta Van Loan, da Universidade da Califórnia (EUA), o consumo da bebida pode ajudar também no processo de perda de peso prevenindo problemas como a obesidade.

— O estudo mostra que populações de diferentes faixas etárias que consomem leite são mais magras e tem menos tendência a serem obesas. O artigo sugere que essa relação pode ser atribuída ao cálcio presente no leite que pode estimular a redução de gordura no organismo — explica.

Leia também:  5 trocas saudáveis e gostosas para o café da manhã dos diabéticos

:: Leite ajuda na redução da pressão arterial

Verdade. Evidências científicas mostram que, em razão da presença de cálcio, potássio e magnésio, o consumo de leite está relacionado como um fator inversamente proporcional ao aumento pressão sanguínea e ao risco de hipertensão.

:: Intolerância a lactose precisa de diagnóstico clínico

Verdade. Segundo o Consenso do Ministério da Saúde Americano sobre Intolerância a Lactose e Saúde (State-of-the-Science Conference Statement on Lactose Intolerance and Health), a maioria dos indivíduos que pensam ser intolerantes a lactose não possuem um diagnóstico clínico. Isso acontece porque eles associam desconfortos gástricos com o consumo de leite e este acaba sendo o primeiro alimento a ser restringindo. Os sintomas da intolerância são diarreia, dor abdominal, flatulência e inchaço, que ocorrem após a ingestão de lactose. Para ter o diagnóstico clínico é importante consultar um médico especialista.

:: Consumir leite com achocolatado dificulta a absorção dos seus nutrientes

Verdade. O consumo de leite com alimentos ricos em oxalato, um componente presente no chocolate, pode interferir na absorção do cálcio. No entanto, nem todos os nutrientes são perdidos.

:: Leite influencia na dentição

Verdade. A alimentação ajuda a formação dentária, protege os dentes de cáries e mantém a gengiva saudável e é complementar aos cuidados de higiene. O leite é importante, porque o cálcio é o principal mineral envolvido na formação e manutenção de dentes saudáveis.

Leia também:  Exagerar na batata frita eleva o risco de morte prematura

:: O leite ajuda a prevenir diabetes

Verdade. O diabetes é uma doença provocada pela deficiência de produção e/ou de ação do hormônio insulina, que leva a importantes complicações na saúde. Entre as diferentes formas de tratamento nutricional para esta doença, estudos recentes mostram que o leite pode ser um importante coadjuvante no tratamento e prevenção deste problema.

— Este efeito se daria a partir do alto teor de aminoácidos das proteínas do soro do leite, as quais afetam os processos metabólicos do organismo, favorecendo o controle da glicemia e a ação da insulina e, dessa forma, atuaria positivamente no controle das taxas de açúcar no sangue — afirma engenheira de alimentos.

:: Leite ajuda no combate à osteoporose

Verdade. O cálcio presente no leite é responsável pela mineralização óssea em todas as idades e, por isso, deve ser consumido para a prevenção da osteoporose.

:: Alimento atua na prevenção do câncer

Verdade. De acordo com Helena, diversos estudos apontam que o leite e seus nutrientes como o cálcio, a vitamina D, a lactoferrina (uma proteína) e as proteínas de soro de leite em geral apresentam efeitos positivos sobre a redução de câncer, principalmente o de cólon.

Leia também:  Abacate, pode ajudar emagrecer?

:: Não se pode tomar leite e comer manga em seguida

Mito. Não há nenhuma comprovação científica que a combinação de leite e manga traga algum malefício ou cause mal-estar.

:: Asmáticos não podem beber leite

Mito. A crença surgiu porque acreditava-se que o leite aumenta a produção do muco. A ingestão de uma emulsão como o leite forma “flocos” de gotículas após misturar-se com a saliva. Esta agregação afeta a palatabilidade e outros aspectos sensoriais, podendo  se confundir com o muco.

:: Leite ajuda a combater a anemia

Mito. A principal causa da anemia é a deficiência de ferro. O leite não é, naturalmente, um alimento fonte de ferro. No entanto, atualmente, existem no mercado leites enriquecidos com ferro.

:: Leite hidrata

Verdade. O leite é composto por 90% de água.

:: Leite influencia no sono

Verdade. O leite possui um aminoácido chamado triptofano que aumenta a quantidade de serotonina no cérebro, um neurotransmissor bastante importante no processo do desencadeamento do sono.

:: Semidesnatado é o melhor para a saúde

Verdade. O leite semidesnatado contém a mesma quantidade de proteínas e cálcio que o leite integral, porém tem menor quantidade de gorduras. Além disso, a sua gordura é importante para vários processos do organismo, como transporte de vitaminas lipossolúveis e formação de hormônios, por exemplo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.