Foto:Divulgação/PRF

Policiais rodoviários federais da 6ª Delegacia de Sorriso que efetuavam fiscalização na BR-163, em Nova Santa Helena, abordaram uma motocicleta YBR 125 com placa de Sinop e perceberam que a condutora estava nervosa, o que levantou suspeitas contra ela.

A condutora, de 42 anos, apresentou aos agentes da PRF uma carteira de habilitação com fortes indícios de falsificação. Após a suspeita, os policiais consultaram os sistemas de segurança pública, onde constataram que a numeração do documento era inexistente.

A mulher recebeu voz de prisão por uso de documento falso, de acordo com o artigo 304 do Código Penal. Ao ser questionada, a condutora afirmou ter comprado a carteira falsa em Sinop com a ajuda de um homem que trabalha no Detran e que havia pago 1,2 mil Reais. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil, em Itaúba.

Advertisements
Leia também:  Movimento comunitário de MT será debatido em Rondonópolis

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.