foto:perspectivasmt

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), da Polícia Judiciária Civil, confirmou na tarde desta segunda-feira (17.10), a prisão de duas pessoas envolvidas no assassinato do jornalista Auro Ida, 53, ocorrido no dia 21 de julho deste ano, no bairro Jardim Fortaleza, em Cuiabá.

Nas investigações, foram presos por mandados de prisão temporária, o executor do crime e a pessoa que apresentou o atirador para o mandante, que está foragido. Os nomes dos presos não serão revelados devido ao segredo de justiça, decretado no inquérito policial, pela juíza da Primeira Vara Criminal da Capital, Mônica Perri, no dia 11 de agosto.

Conforme a DHPP, o crime está desvendado e foi praticado por motivação passional. O executor do crime e o intermediador foram presos no bairro Jardim Fortaleza e encaminhados para uma unidade prisional da Capital.

Leia também:  Ex-detento morre ao levar 4 tiros no Padre Lothar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.