Foto: internet

Policiais Federais em Mato Grosso prenderam o suposto chefe de uma quadrilha de tráfico de drogas durante a operação Mahyah, deflagrada nesta sexta-feira (25) também em outros 10 estados brasileiros. Além do principal suspeito de chefiar a organização criminosa, outras 14 pessoas foram presas. Entre elas estão a mulher e o sogro do suposto traficante.

Até as 12h [horário de MT], quatro carros de luxo, entre veículos nacionais e importados, foram apreendidos durante a operação. Um revólver, uma pistola e uma carabina também foram apreendidos pela PF. Além dos carros e das armas já apreendidos, uma quantia ainda não revelada de dinheiro foi encontrada durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão.

Leia também:  Mulher é presa com droga na vagina ao tentar entrar em presídio

A operação Mahyah foi deflagrada nesta manhã e visa combater o tráfico interestadual de drogas em Mato Grosso e outros 10 estados brasileiros.

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Federal, foram expedidos 28 mandados de prisão expedidos e 32 de busca e apreensão, nas cidades de Cáceres, Porto Esperidião ,Cuiabá, Várzea Grande, Barra do Garças, Mirassol D’Oeste, Lambari D’Oeste, Glória D’Oeste, Curvelândia, Araputanga e São José dos Quatro Marcos.

Outros 49 mandados de prisão preventiva e 39 de busca e apreensão nos estados de Goiás, Tocantins, Pará, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Norte e Piauí. Os presos durante a operação devem ser indiciados pelos crimes de tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico.

Leia também:  Mais de 4 mil pessoas já foram atendidas no projeto Sábado Social
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.