Divulgação
Após dois anos afastados da música, o KLB voltou com tudo em 2011. Eles já iniciaram a agenda de divulgação do novo trabalho, o cd KLB 3D e se apresentam no Réveillon da Paulista no próximo dia 31. Em entrevista ao O Fuxico, Kiko conta sobre a pausa do grupo, planos para 2012 e faz uma retrospectiva de 2011.

“2011 Foi um ano especial para nós. Gravamos nosso décimo álbum da carreira, KLB 3D que traz inúmeras inovações como a gravação de dois clipes em 3D, o primeiro feito no Brasil”.

O trio está comemorando 11 anos de carreira. No ano 2000, os três irmãos lançaram a música A Dor desse Amor, vendendo mais de 1 milhão de cópias no primeiro CD. Durante a pausa do trio, eles se voltaram à politica, participaram da CPI Federal da Pedofilia e neste tempo os fãs não se distanciaram:

Leia também:  Zé Carrero e Catuaba | "A gente gosta de um sertanejo inovador e tem dado certo"

“Estivemos lá dentro, participando de tudo dando a cara à tapa, mas tudo valeu a pena. Hoje ao ver resultados colhidos me orgulho muito, e me orgulho mais ainda ao ver que após 11 anos e mesmo com essa ‘pausa’ nossos fãs continuam fiéis e cada vez mais juntos de nós, cada vez mais perto e em um número cada vez maior”, declarou o cantor.

O KLB participa pelo quarto ano do Réveillon da Paulista, que também terá a participação de Jota Quest, Restart, Ultraje a Rigor, entre outros.

“É uma honra, até porque se tem uma tradição de não se repetir atrações na Paulista e se não me engano isso nunca aconteceu. No nosso caso acho que esse privilégio se dá pelo carinho de amigos e do público que sempre incendeia junto com a gente”.

Leia também:  Revelação de Marília Mendonça sobre traição dá o que falar

O show terá apenas 50 minutos, mas promete levantar o público com os sucessos do trio e as músicas do novo cd. Em 2012, eles continuarão divulgando o seu mais recente trabalho, KLB 3D e vão correr o Brasil fazendo shows.

“Vamos recomeçar a maratona de shows pelo Brasil inteiro, o público está com saudade dos shows do KLB e o KLB sente saudade dos palcos e do público. Então é colocar a mão na massa, o pé na estrada e começar”, finalizou Kiko.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.