Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

O assalto com explosivos na agência do Banco do Brasil em Poxoréu resultou em transtornos para os correntistas que reclamam a falta de local para realizarem as transações bancárias. O fato ocorreu na madrugada do dia 14 de dezembro.

De acordo com relatos de clientes a falta da agência tem dificultado transações como saque, extrato e outros procedimentos que seriam realizados na agência.

A assessoria de imprensa do banco informou que existe uma equipe de Campo Grande – MS realizando avaliação do local e o projeto para que a agência tenha um layout mais atual, pois os explosivos comprometeram toda estrutura da unidade, desde o teto até o chão e nada será aproveitado. Contudo todo tipo de aquisição e reforma tem que passar por processo licitatório, o que demanda tempo.

Leia também:  Marcelo Rezende morre aos 65 anos vítima de câncer

Até a conclusão das obras os usuários são orientados a utilizar os dois correspondentes bancários, onde é possível realizar algumas transações, como saque, deposito e pagamento de boleto bancário. Dentro de um limite diário que dependerá da movimentação do correspondente.

Em casos mais complexo a assessoria orienta que o correntista a procurar uma agência mais próxima, como por exemplo, a unidade de Primavera de Leste, ou o auto atendimento pela internet.

Ainda não há previsão para o início e conclusão da reforma da agência, mas no começo do ano os clientes poderão contar com o Banco Postal que será mais um suporte para os correntistas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.