Os concursados que devem assumir os seus cargos públicos devem passar por uma bateria de exames antes de iniciar os trabalhos. De acordo com a chefe do Departamento de Saúde Ocupacional e Perícia Médica, Maria Inês Silva, os servidores que desempenham as funções de ajudante de serviços diversos (ADS) são os que mais têm problemas e precisam se aposentar, afastar ou de readaptação.

Maria Inês afirmou que em segundo lugar ficam os professores que alegam problemas como alergias e também aquelas doenças relacionadas aos movimentos repetitivos. Segundo a chefe de Departamento antes de assumir os cargos os concursados vão ter que fazer exames específicos conforme as suas funções.

Leia também:  Conheça a quadrilha estilizada da Escola Silvestre

“Queremos evitar o que ocorreu no passado quando concursados assumiram e depois de pouco tempo tiveram que se aposentar ou afastar por terem problemas de saúde antes mesmo de ter ingressado no setor público, o que gera prejuízos para o município”, fala.

A chefe de Departamento explicou que o concursado não vai ser impedido de assumir o cargo se for constatado alguma doença, mas que ele será obrigado a fazer o tratamento.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.