Os servidores municipais  decidiram em prorrogar o indicativo de greve durante uma assembleia realizada na terça-feira (28), no Canadá Country Clube. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur), Rubens Paulo, afirmou que a decisão foi tomada para que haja tempo para uma nova negociação com o prefeito José Carlos do Pátio.

Na semana passada, a categoria se reuniu com o gestor para tratar sobre a pauta de reivindicações. De acordo com Rubens algumas propostas dos servidores foram descartadas logo de início pelo prefeito que disse que não vai acatar. “Já outras foram analisadas pelo gestor e ele fez a sua proposta para a categoria”, conta. O reajuste de 7,08% previsto para abril feito por Pátio, não foi aceita pelos servidores.

Leia também:  Emprego temporário de fim de ano é oportunidade de contrato definitivo

Segundo Rubens as aulas municipais devem iniciar na data marcada, cinco de março, e que o indicativo de greve está suspenso até nove de março e só será aprovado caso não haja uma negociação com o gestor. “O prefeito agendou uma nova reunião com o Sindicato e a categoria para quinta-feira (1), mas ainda falta uma confirmação do encontro”, diz.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.