Secretário faz levantamento das famílias e da área que foi invadida. Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT

Quatro famílias iniciaram a ocupação de uma área pública no Jardim Liberdade, o número pode subir para 60 barracos que podem ser erguidos no local. A equipe da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA) esteve no local na manhã desta segunda-feira (19/03) para levantar a situação.

Elaine Regina, uma das pessoas que levantou o barraco, afirmou que há cinco anos tenta uma casa pelo programa habitacional, mas até agora não foi beneficiada e já não tem onde morar, pois a proprietária da casa em que reside pediu para que ela e o filho desocupem o imóvel. A realidade é semelhante dos demais invasores.

O líder comunitário, Marcelino da Silva Teles, disse que aproximadamente 60 famílias querem entrar no terreno e erguer um barraco para morar, contudo apenas quatro tiveram a iniciativa de tomar o local, mas que não tem competência para dizer se as pessoas podem ou não permanecer no local, mas espera que possa haver entendimento entre as famílias e os órgãos competentes.

Leia também:  Morre irmã Gema Domênica Fornazier em Rondonópolis

O secretário do meio ambiente, Lindomar Alves, afirmou que será feito um levantamento do local para saber se é uma área de reserva, que compete à prefeitura tomar uma providência, ou se é uma área verde, que é protegida por lei federal. Em ambos os casos as famílias não podem permanecer no local, contudo o processo de desocupação será diferenciado, pois se for área verde a liberação do terreno será imediata.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.