A Polícia Militar (PM) registrou entre a noite deste domingo (01/04) e na madrugada desta segunda-feira (02/04) três casos de agressão em Rondonópolis. Um dos casos foi durante a noite deste domingo onde R.P.S. (30) foi agredida e ameaçada de morte pelo motorista Luciano Alberto Lima Sinat (36) no bairro Jardim Paraíso.

R.P.S. informou a PM que depois que foi agredida, Luciano Sinat a jogou para fora de casa e foi amparada por vizinhos. A mulher afirma que passou a ser ameaçada pelo motorista e sua amante quando retornaram ao local.

Em outra ocorrência na noite deste domingo (01/04), Aparecido Santana (46) tentou estrangular o aposentado Salvador Alves de Jesus (74), mas a ação foi impedido por populares no bairro Jardim Pindorama.

Leia também:  Vítima leva coronhada na cabeça após roubo no Jardim Tropical

De acordo com a PM, uma denúncia foi recebida via 190, onde Aparecido Santana e Salvador de Jesus começaram uma discussão depois que beberam cerveja. A PM chegou até o local e o proprietário de um bar afirmou que o senhor e o aposentado tem uma rixa antiga, mas não soube dizer o motivo.

O proprietário do estabelecimento disse a PM que Salvador de Jesus foi para sua casa, mas foi alcançado por Aparecido Santana que começou a agredir o aposentado, foi impedido, mas fugiu do local.

Outro caso foi na madrugada desta segunda-feira (02/04) no bairro São Sebastião onde a cozinheira J.C.C. (22) foi ameaçada e agredida pelo motorista José Carlos Vieira.

J.C.C. informou a PM que espera um filho de José Vieira, que teve um relacionamento de três anos com o suspeito e que há quatro meses havia terminado com a relação. A cozinheira afirma que neste domingo, José Vieira havia ligado para ela e disse que caso a achasse a mataria.

Leia também:  Quadrilha rende e aterroriza pessoas em bar na Gleba Rio Vermelho

J.C.C. disse a PM que o suspeito foi até o local onde estava e já começou a agredi-la com  tapas em seu rosto, mas as agressões foram impedidas por outras pessoas. Após a situação José Vieira fugiu do local e não foi encontrado pela PM.

Os três casos foram registrados no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.