A estudante A.C.M. (17) registou um Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia Militar, onde informou que foi vítima de estupro na Rua Rio Branco, próximo a ponte do Rio Arareau, por volta das 1h20 deste sábado (14/04), onde acusou o eletricista industrial L.A.V.J. (24) de cometer a agressão.

Consta no B.O. que a estudante iria para uma casa noturna encontrar o namorado e foi abordada pelo rapaz que estava sentado próximo a ponte, que afirmou estar armado e a encaminhou para um beco próximo.

A.C.M. relatou que o rapaz queria apenas acariciar os seios da estudante, mas a jogou no chão e consumou o estupro. A preocupação da estudante é que durante a agressão o rapaz não utilizou preservativo. Segundo a vítima o agressor ameaçou mata-la caso gritasse ou comentasse com alguma pessoa o que aconteceu.

Leia também:  Rondonópolis e outros seis municípios correm o risco de perder zona eleitoral

A estudante informou à PM que conhece o eletricista de vista e a guarnição fez diligência até a casa do rapaz.

Em depoimento L.A.V.J. nega a acusação e afirmou que estava na feira da Vila Aurora até aproximadamente 22h e depois retornou para sua residência. O suspeito informou à PM que não conhece a estudante.

A garota realizou exame de Corpo de Delito e o suspeito foi entregue as autoridades policiais.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.