Haxixe apreendido pela Polícia Federal. Foto da assessoria

Agentes da Polícia Federal de Rondonópolis prenderam nesta terça-feira (29) E.M.S. (42) e a namorada J.G. (23) que foram abordados ao cruzar a fronteira entre os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul com mais de 50 quilos de maconha e haxixe.

Numa revista preliminar foi apontada a presença de entorpecente no veículo, que foi levado à Delegacia para desmontagem, onde, após minucioso trabalho foram encontrados 1,144 kg de haxixe pouco mais de 52 kg de maconha dentro do painel, da lataria e dos bancos do automóvel.

O depoimento dos dois presos foi contraditório, o homem afirmou ter pego o carro preparado e não viu a droga ser colocada nele, sendo que o veículo era de sua propriedade e estava registrado em seu nome. Também afirmou que iria entregar para um homem desconhecido em Várzea Grande, enquanto sua namorada afirmava que o destino deles era o município de Rondonópolis.

Leia também:  Dois são detidos por posse irregular de armas de fogo

O haxixe é uma droga derivada da maconha, fabricada a partir da resina secretada pela planta e é muito mais forte que a maconha tradicional. Pode ser fumado junto com tabaco ou mastigado. Seu uso não é tão difundido no Brasil e ocorre mais em grandes capitais ou mais próximo da fronteira paraguaia, de onde vem a maior parte da droga consumida na América do Sul. No Estado de Mato Grosso apreensões de quantidades significativas como essa já tinham ocorrido em Cuiabá e Cáceres.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.