Reunião aconteceu na sede da Promotoria - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Os representantes do Ministério Público, Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), Financial Construtora Industrial Ltda, Conselho de Municipal de Segurança Pública (Conseg) e presídio Major Eldo de Sá Corrêa ‘Mata Grande’ assinaram um Compromisso de Ajustamento de Conduta em relação a situação de queimadas na deposito de lixo municipal.

A reunião teve como objetivo evitar a poluição ambiental provocada pelo mau gerenciamento, destinação final, dos resíduos sólidos do deposito, pois constantemente é posto fogo no local, além da presença de catadores de lixo tem contado com o material que é despejado no local. E também pelo fato de que a disposição inadequada dos resíduos sólidos é uma ameaça à saúde pública e agrava a degradação ambiental.

Leia também:  Trabalho das Cooperativas é fortalecido com o apoio do Sanear

Em acordo os representantes dos órgãos assinaram um compromisso, junto ao promotor de justiça Henrique Schneider Neto, de adotar como medida emergências, num prazo de 30 dias a contar do dia 29 de mais quando foi assinado o acordo, o trabalho de continuidade para a compactação e aterramento da vala de lixo, restabelecer o cercamento da área, proibir o acesso de catadores de lixo, principalmente no período noturno.

A direção da Mata Grande se comprometerá em dar apoio policial, sempre que houver indícios de irregularidade no local, principalmente quando houver perigo de queimadas. E o Conseg irá realizar ações junto aos catadores de lixo a fim de dar orientação com relação as queimadas e outras condutas inadequadas.

Leia também:  Programação do feriado de Páscoa é divulgada pelas Paróquias de Rondonópolis

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.