Show de Alonso dentro e fora da pista em Valência (Foto: Getty Images)

A sequência histórica de vencedores diferentes na temporada 2012 da Fórmula 1 acabou no GP da Europa deste domingo, mas a série de corridas emocionantes e surpreendentes continuou pelas ruas de Valência. Diante da torcida espanhola, Fernando Alonso brilhou dentro e fora da pista. Largou em 11º, fez belas ultrapassagens e contou com a quebra do líder Sebastian Vettel, da RBR, para assumir a ponta e vencer a segunda no ano. O show do “Príncipe das Astúrias” não parou por aí. Em êxtase, quebrou o protocolo, carregou a bandeira espanhola, saiu do carro para comemorar com a torcida e teve que ser “resgatado” pela organização para a cerimônia do pódio, onde não segurou a emoção e desabou em lágrimas durante o hino de seu país. Veja a comemoração do piloto na pista e no pódio no vídeo acima.

Leia também:  Colorado vence fora de casa e ganha moral na Copinha

Junto com Alonso,  mais dois campeões mundiais completaram o ‘pódio surpresa’: Kimi Raikkonen, da Lotus, e Michael Schumacher, da Mercedes. A dupla viu a segunda e a terceira colocação cair em seus colos com os abandonos de Vettel e Romain Grosjean e a batida de Pastor Maldonado e Lewis Hamilton nas voltas finais. Os brasileiros não tiveram a mesma sorte que o trio. Em comum, para Felipe Massa e Bruno Senna, um algoz: Kamui Kobayashi. Ambos se envolveram em incidentes com o japonês e terminaram, respectivamente, em 16º e 11º. Como prêmio de consolação, o piloto da Williams subiu para o 10º lugar e levou um pontinho para casa, após a punição de 20s a Maldonado, pelo acidente com Hamilton.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.