O Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgou na tarde desta quarta-feira a lista com os nomes de todos os gestores de Mato Grosso com contas julgadas irregulares com base no inciso 5º, artigo 11 da Lei 9.504/97 (Lei das eleições).

A lista contém 531 nomes de políticos, porém, vale ressaltar que em vários casos há nomes citados mais de uma vez pelo TCE, pois o mesmo político teve as contas reprovadas mais de uma vez, o que caracteriza “ficha suja”.

Os prefeitos de quatro municípios da Região Sul de Mato Grosso estão inelegíveis, sendo eles o de Itiquira Ernane José Sander – Nani (PSDB), o de Poxoréu Ronan Figueiredo Rocha (PMDB), o de Paranatinga, Vilson Pires (PRP) e o de Primavera, Getúlio Viana.

Leia também:  Projeto quer premiar cidades que investirem em inclusão e acessibilidade

Vilson Pires já havia manifestado que seria candidato à reeleição em 2012, tanto que inclusive havia chegado a mostrar publicamente a sua Certidão de Quitação Eleitoral, assim como ele quem já tinha anunciado que tentaria a reeleição seria Nani. Já Ronan no início do ano disse que não sabia se iria para a reeleição e Getúlio Viana, mesmo antes da decisão do TCE não poderia se candidatar, já que no último mandato ele havia sido reeleito.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.