Do outro lado da quadra, estavam os poloneses Fijalek e Prudel, dupla que ocupa apenas a 20ª colocação no ranking mundial. Mas isso não significa que Emanuel e Alison tiveram vida fácil nas quartas de final das Olimpíadas de Londres. Favoritos ao ouro em Londres, os brasileiros sofreram muito para eliminar os rivais do Leste Europeu, que só caíram após 58 minutos, com parciais de 21-17, 16-21 e 17-15.

Na condição de “franco-atiradores”, os poloneses souberam aproveitar bem os excessivos erros dos rivais, além de apresentar muita eficiência no ataque. No primeiro set, por exemplo, eles chegaram a ter 13 a 11 no placar. Mas, se a técnica estava falha, Emanuel e Alison recorreram à raça para virar e sair na frente: o último ponto da etapa veio em uma manchete de Alison, que precisava passar a bola de qualquer jeito para o outro lado após erro na defesa.

Leia também:  Cuiabá Arsenal embarca em busca de vaga na final do brasileiro

A sorte, porém, ficou com os estrangeiros na etapa seguinte: eles, que chegaram a abrir 5 a 1 na parcial, fizeram um ponto encobrindo os brasileiros depois de Fijalek tocar na bola pra se defender (10 a 9), finalizando um longo rali. Embalados, os poloneses não deram brechas para uma nova reviravolta e empataram o jogo em um ace de Prudel.

O tie-break também começou dramático, com a dupla europeia tendo a chance de abrir 3 a 0. Eles, porém, não conseguiram e pagaram caro mais tarde, quando Emanuel acertou o saque e Alison passou a brilhar no bloqueio. Com 6 a 4 favoráveis, os brasileiros tinham tudo pra se classificar, mas permitiram cinco pontos seguidos dos adversários e ficaram três pontos atrás: 8 a 11.

Leia também:  Colorado vence fora de casa e ganha moral na Copinha

Valentes, os vice-líderes do ranking correram atrás do resultado e, depois de salvar um match point, conseguiram fechar a difícil partida em um ataque de Alison.

Agora, a uma partida da final olímpica, Emanuel e Alison terão pela frente o vencedor do duelo entre os americanos Gibb/Rosenthal e Plavins/Smedins, da Letônia, que jogam ainda nesta segunda (6).

Foto: UOL Olímpiadas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.