Depois dos obstetras, agora é a vez dos anestesistas da Santa Casa entrarem em greve. Os profissionais iniciaram a paralização nesta segunda-feira (6). De acordo com Fausto Del Claro Júnior, Diretor da Instituição o Governo quitou a dívida do mês de maio, entretanto ainda faltam junho e julho vencidos.

Os anestesistas não vão realizar cirurgias eletivas, irão atender somente os casos de urgência e emergência, assim como os obstetras.

A greve foi iniciada dia 1 de agosto devido à falta de repasse do recurso do Governo Estadual para pagamento de plantões médicos, compra de medicamentos e materiais hospitalares.

O Governador informou que entre o dia 10 e 15 de agosto a situação será regularizada.

Leia também:  Prefeitura disponibiliza certidões online sem ônus para população
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.