Caminhoneiros em trecho de Alto Taquari – Foto: assessoria

Paralisados desde ontem (16), os motoristas de caminhões que transportam cargas até o terminal da ALL (América Latina Logística) de Alto Araguaia, prometem retomar as atividades apenas após a realização de um acordo. Eles exigem melhorias nas condições de trabalho no pátio do terminal de carga e descarga. O pátio chega a receber mil caminhões, tendo estrutura para movimentação de aproximadamente 400 veículos, o que gera filas.

Foto: assessoria

Nesta sexta-feira, às 14h, no Ministério Público do Trabalho de Rondonópolis, acontecerá uma audiência com representantes das empresas embarcadoras (Bunge, Amaggi e Cargi, por exemplo) e sindicatos laborais para que seja firmado um acordo no intuito de encerrar as manifestações. O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Mato Grosso (Sindmat) acompanhará as negociações.

Leia também:  Homologada licitação para Ganha Tempo em Rondonópolis

Enquanto este acordo não for firmado, os caminhões que se encontram nos terminais da ALL não realizarão o descarregamento. É o que afirma o assessor jurídico da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Mato Grosso (Fettremat) e também do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas dos Transportes Terrestres de Rondonópolis e Região (STTRR), Silvio Marinho do Nascimento.

Neste momento aproximadamente 3 mil carretas estão paradas, afirma Silvio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.