Foto: assessoria

O candidato a prefeito Percival Muniz (PPS) conversou na tarde desta quarta-feira, dia 25, com servidores da Santa Casa de Rondonópolis. Percival falou sobre as suas propostas para melhorar a cidade, ouviu sugestões e reivindicações, bem como recebeu manifestações de apoios.

Percival disse que foi motivado a entrar novamente na disputa pela Prefeitura pelo desejo de contribuir para que Rondonópolis cresça de forma planejada e se consolide como polo agroindustrial, de transferência de conhecimento e prestador de serviços nas áreas de saúde e educação para toda a região.

“Passada a eleição, temos que superar as divergências e olhar para frente. Estamos em um momento histórico importante e, se não tomarmos cuidado, perderemos a condição de referência no Estado, que conquistamos com tanta dificuldade”, disse ele ao defender a necessidade de se elaborar, em conjunto com a sociedade, um plano de longo prazo.

“Inclusive, nessa questão contarei com o meu vice, o Rogério Salles. Nós vamos dividir tarefas, pois a cidade precisa recuperar o tempo perdido. Com isso, ele ficará responsável pelo planejamento, modernização das ferramentas de gestão para diminuir a burocracia e dar mais agilidade aos serviços prestados aos cidadãos”, explicou Percival. “Já eu irei cuidar de envolver a sociedade, articular parcerias, os investimentos para retomarmos o desenvolvimento e melhorarmos a qualidade de vida da nossa gente”.

Pessoas em 1° lugar
Percival ressaltou, ainda, que em seu governo as pessoas estarão sempre em primeiro lugar. Por isso, quer dar um novo sopro de vida à saúde pública, que se encontra de forma precária hoje, pois a estrutura não acompanhou o crescimento da cidade, sendo praticamente a mesma de quando deixou a prefeitura, há quase 10 anos.

Leia também:  População carcerária feminina cresce 700% em dezesseis anos no Brasil

“Vamos oferecer para população uma saúde humanizada, de qualidade e que preste um atendimento digno ao cidadão”, garantiu, acrescentando que quer continuar com a marca de ser um prefeito que investe muito em saúde. “Sou reconhecido como um prefeito que investiu muito na saúde, que promoveu ações que levaram a melhorias para o setor, por exemplo, com a criação dos 29 PSFs e da Fábrica de Remédios”.

Percival afirmou que irá contratar mais médicos, ampliar os PSF para cobrir toda a população, e descentralizar o atendimento, visando desafogar o PAM (Pronto-Atendimento Médico). “Vamos construir mais duas unidades de pronto-atendimento (sendo uma na região do Jardim Atlântico e outra na região da Vila Olinda). E com a conclusão da UPA que fica ao lado do PAM, vamos transformá-lo em um hospital municipal, bem como melhorar e ampliar a policlínica da Vila Operária. Assim, vamos desafogar o  atendimento atual e dar mais agilidade, qualidade e praticidade “, assinalou.

Apoio

Uma funcionária, que preferiu não se identificar, temendo represálias, disse que a maioria absoluta dos funcionários da Santa Casa está com Percival. “Mesmo de forma silenciosa, a maioria aqui está com ele. E eu estou pedindo votos para ele, pois é uma pessoa que cumpre o que fala e que trata todo mundo com respeito e carinho”, elogiou.

Leia também:  Rico e Lázaro | Joana fica chocada ao saber que Zac chantageou Matias

Fala cidadão

Com sempre costuma fazer em suas reuniões, Percival respondeu perguntas e uma das principais reclamações foi a falta de vagas em creches. Percival tranquilizou as mães presentes, dizendo que uma das metas para os próximos quatro anos é zerar o déficit atual.

“Vamos buscar parcerias com o governo federal, que hoje dispõe de convênios e recursos para esta área. E, também, com as empresas, entidades e igrejas para nos ajudar nessa tarefa de universalizar o acesso às creches”.

Modernização

Sobre coibir a prática de contratar na prefeitura por meio de apadrinhamento, Percival disse que a solução é a realização de concurso público. “Quem presta concurso para ser funcionário público sabe que seguir essa carreira é uma opção de vida. A estabilidade permite a quem fez essa escolha se dedicar à atividade, buscando sempre o aperfeiçoamento, por meio de cursos, para que possa oferecer um bom atendimento à sociedade”, ressaltou Percival, lembrando que o último grande concurso promovido na cidade foi realizado na sua gestão.

Muniz ressaltou, ainda, que a administração moderna exige uma máquina pública eficiente, mais profissionalizada e informatizada. “Nós temos de entender que a administração precisa se modernizar, se aparelhar, investir no profissionalismo e abandonar as velhas práticas políticas. Só assim ela conseguirá enfrentar os desafios que se apresentam e prestar um serviço de qualidade ao cidadão.

Leia também:  Governo desbloqueia R$ 12,8 bilhões do Orçamento

E anunciou que, caso seja eleito, irá trabalhar com a avaliação periódica de indicadores, prestação de contas, capacitação e valorização dos servidores, bem com o uso de tecnologias para tornar a prestação de serviços públicos mais ágeis e de qualidade.

Conclusão de obras

Questionado se irá concluir o asfaltamento de ruas iniciada na atual gestão, Percival disse que irá fazer a pavimentação nas que não ficarem prontas, pois entende que as obras não pertencem a um administrador, mas ao cidadão. “Não tenho ciúmes do que os outros fazem. Vou terminar as que não forem concluídas”, frisou ele, acrescentando que a meta é pavimentar 300 km de vias nos próximos quatro anos. “Eu e o Rogério estamos assumindo este compromisso de que rua onde tiver gente morando, nós vamos asfaltar”.

Percival, também, respondeu perguntas sobre espaços de cultura e lazer, bem como de melhorias no transporte coletivo, para que se torne mais humanizado e pontual, principalmente nos finais de semana e feriados. Entre as propostas para o setor ele destacou o projeto “Wi-fi Fre – Praças Conectadas”, que prevê a implantação de sistemas em regiões estratégicas para oferecer acesso gratuito de internet á comunidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.