O secretário de Esporte, Cultura e Lazer de Rondonópolis, Alencar Libano, destacou na manhã desta terça-feira (30) a importância da eleição dos membros do Conselho Municipal de Política Cultural para o processo de adesão ao Sistema Nacional de Cultura. A escolha acontece amanhã na Biblioteca Municipal Rachid J. Mamed

Alencar afirmou que o conselho será composto por 14 pessoas, sendo sete representantes do poder público e os demais representantes de cada seguimento cultural do município, divididos nas categorias do artesanato, artes visuais, patrimônio histórico e cultural, música, livro, leitura e literatura, manifestações étnicas e culturais e por fim artes cênicas.

Segundo Libano, a adesão ao Sistema Nacional de Cultura irá fomentar os projetos culturais no município de forma mais igualitária e evitar a política de balcão, pois todas as propostas serão aprovadas pelos conselheiros. “A secretaria publicará apenas o edital das propostas de atividades, a aprovações dos projetos para atender essa expectativa será feita pelo conselho”, explicou.

Leia também:  Mensagem com novos números do Samu é mentirosa

Com a adesão ao Sistema o município passará a receber recursos especifico do Ministério da Cultura para desenvolver os projetos em Rondonópolis, o que vai fomentar as atividades e além de incentivar a na formação de novos artistas.

Para adesão ao Sistema Nacional de Cultura, o município deve criar o Fundo Municipal de Cultura e a Secretaria Municipal de Cultura, requisitos exigidos  pelo Ministério da Cultura.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.