O projeto Dignidade Eleitoral, é fruto de um acordo firmado pelo Ministério Público, os partidos políticos. A proposta  principal foi coibir a poluição visual e limitar a contratação de cabos eleitorais, além  de diminuir o número de carros de som na cidade, restringir a realização de carreatas e promover uma campanha limpa.

Na tarde desta segunda-feira (15) os deputados Wellington Fagundes (PR) e Hermínio J. Barreto (PR) entregaram aos juízes Luiz Antônio Sari, 45ª Zona Eleitoral, Jaqueline Cherulli, 10ª Zona Eleitoral, Milene P. Beltramini, 46ª Zona Eleitoral e Promotor Ari Madeira, moções de aplausos  como homenagens aos resultados do projeto.

Os Juízes destacaram que toda a população ganhou com as ações e bons exemplos realizados durante a campanha, e que tudo foi feito graças ao empenho dos candidatos e dos próprios eleitores.

Leia também:  Reclamações de energia elétrica lideram ranking no Procon de Rondonópolis

O Promotor Ari Madeira destacou que hoje (16) participará de uma audiência com a Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmem Lúcia, onde o projeto Dignidade Eleitoral Será apresentado, assim como seus resultados, para que suas ações possam servir de exemplo para todo país.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=sURyeMr3YGU[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.