Fortaleza bateu o Cuiabá por 3 a 0, pela Série C do Brasileiro (Foto: Natinho Rodrigues/ Agência Diário)

O Cuiabá viajou para o Ceará confiante em sair da partida deste sábado, contra o Fortaleza, com um resultado positivo. Mas o que se viu no gramado estádio Presidente Vargas foi um domínio absoluto da equipe tricolor, que bateu o Dourado por 3 a 0 e chegou aos 32 pontos ganhos.

Para Luciano Dias, treinador do Dourado, a ansiedade atrapalhou o time. O comandante do Cuiabá tentou uma formação diferente das últimas rodadas, com três zagueiros, mas não deu muito certo.

– Começamos o jogo muito bem, indo para cima. O que não esperávamos era a infelicidade do nosso goleiro. O time sentiu, mas ele não pode ser considerado culpado. Erros acontecem. Não conseguimos manter a tranquilidade após o primeiro gol. Se continuássemos do jeito que estava, da forma como começamos, as coisas seriam diferentes. Acontece – disse o treinador, referindo-se ao primeiro gol, sofrido após uma falha do goleiro Gatti.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Com o resultado, o Cuiabá permanece em nono lugar, na zona de rebaixamento, com 15 pontos, um atrás do Treze (PB). O técnido do Dourado acredita que os próximos jogos em casa serão fundamentais para a permanência da equipe na Série C do Campeonato Brasileiro.

– Temos dois jogos seguidos no Dutra e vamos buscar as vitórias que nos tiram da zona de rebaixamento. Precisamos mostrar nossa força dentro de casa – finalizou.

O Cuiabá enfrenta o Paysandu, na próxima rodada, no Presidente Dutra. Na penúltima rodada, o adversário será o Guarany de Sobral, lanterna da competição, também na capital mato-grossense. Na rodada decisiva, o Dourado viaja para o interior de Pernambuco, para enfrentar o Salgueiro, buscando a permanência na Série C.

Leia também:  Avengers e Ki-Modelo disputam final de basquete nesta sexta
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.