Devido à tempestade da última terça-feira (30), a Amazonas Energia teve registro recorde de ocorrências, ocasionando um congestionamento nas ligações. De acordo com a empresa, cinco mil casos foram registrados, número superior à média, de 400 ligações.

Nesta sexta-feira (2), três dias após o temporal, a concessionária informou que nenhum bairro inteiro ficou sem energia. No entanto, cerca de 590 ocorrências em pontos da cidade (residências, comércios ou ruas) ainda estavam pendentes, segundo a assessoria da empresa. Para tentar resolver o problema, foi pedido um reforço de equipes vindas de vários departamentos da capital e do interior.

té o início da noite desta sexta-feira (2), a empresa contabilizava o total de 400 ocorrências pendentes no Centro de Operação da Distribuição (COD). As áreas que ainda apresentavam o maior número de ocorrências eram: Alvorada, Tarumã, Compensa, Nova Esperança, Santa Etelvina, São José, Adrianópolis e Cachoeirinha.

Leia também:  Suspensão de processo da tragédia em Mariana gera protesto em MG

Ainda de acordo com a assessoria, a empresa ainda não calculou o prejuízo com o desastre natural. A empresa afirmou ainda que não sabe quando a situação será totalmente normalizada na cidade, apesar de na quinta-feira (1) ter anunciado o restabelecimento total do sistema até o sábado (2).

Descartado ‘apagão’ durante Enem
A Amazonas Energia anunciou ainda, nesta sexta-feira (2), trabalho para que nenhuma escola sofra com falta de energia elétrica durante a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste fim de semana.

Em nota, a empresa informou que irá cancelar as interrupções de rotina para a manutenção do sistema de rede programadas para este fim de semana. Além disso, a concessionária garantiu ainda que todas as escolas que sofreram com problemas de energia por causa da tempestade de terça-feira (30) já receberam a visita da empresa e o sistema foi normalizado.

Leia também:  Traficante capota carro com 1 tonelada de maconha em fuga da PRF no MS
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.