Foto: internet

As escolas destinadas a brasileiros no Japão e reconhecidas pelo Brasil receberam permissão para oferecer cursos técnicos de nível médio. A decisão, do Conselho Nacional de Educação, foi publicada nesta segunda-feira (12) no Diário Oficial da União e aumenta o leque de serviços prestados por essas escolas, que já podiam atuar na educação infantil, fundamental, média e de jovens e adultos.

A mesma publicação estabelece que as instituições deverão incluir em sua grade curricular aulas de língua e cultura japonesa, caso contrário não poderão mais funcionar.

Para terem seus certificados reconhecidos no Brasil, as escolas devem ser cadastradas no censo escolar do Ministério da Educação (MEC) e na embaixada brasileira no Japão, além de fornecer uma série de informações, como o corpo docente, o regimento escolar e a descrição das instalações físicas disponíveis.

Leia também:  Caminhão com frango congelado tomba e população saqueia o alimento

O MEC valida certificados de escolas brasileiras no Japão desde 2005, e o governo brasileiro conseguiu que o Japão flexibilizasse seu sistema de reconhecimento, o que permitiu que três escolas fossem também reconhecidas pelo país. Em 2007, mais de 50 escolas foram reconhecidas pelo Conselho Nacional de Educação

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.