A inadimplência dos consumidores e das empresas deve recuar em 2013, de acordo com o indicador de perspectiva da Serasa Experian. O índice permite antever movimentos cíclicos com seis meses de antecedência.

O indicador que mede a perspectiva do ponto de vista do consumidor caiu 1% em outubro, para 98,9 pontos. Segundo a Serasa, a recente sequência de reduções mensais desse índice sinaliza que, após quase dois anos de crescimento, a inadimplência das pessoas físicas terá comportamento mais favorável em 2013.

A Serasa cita a firmeza do mercado de trabalho, ganhos de renda e juros em níveis mais baixos como fatores que melhoraram a perspectiva. “São fatores que contribuirão para que a inadimplência do consumidor, hoje estabilizada, porém em patamar elevado, consiga seguir uma trajetória de normalização no ano que vem”, diz nota divulgada pela empresa.

Leia também:  AGU recorre da decisão de suspender o aumento dos combustíveis

No lado das pessoas jurídicas, o indicador de perspectiva caiu 1,5% no período, para 92,4 pontos. “A inadimplência das empresas também deverá seguir trajetória de queda gradual em 2013”, diz a Serasa.

Além dos juros mais baixos, a esperada retomada da economia deverá ajudar as empresas a normalizar sua situação de crédito, diz a Serasa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.