O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu tomar medidas para colocar fim aos ataques com armas de fogo, em resposta às mais de 400 mil pessoas que assinaram uma petição online após o massacre da semana passada em uma escola primária em Connecticut.

“Desde a dolorosa tragédia de Newtown, Connecticut, centenas de milhares de vocês, dos 50 estados, assinaram petições pedindo para tomarmos sérios passos para abordar a epidemia da violência armada neste país”, manifestou Obama em um vídeo colocado na internet (assista, em inglês). “Ouvimos.”

O presidente pediu há alguns dias ao Congresso que, em janeiro, aprove uma lei proibindo a venda de rifles de assalto e munições de alta capacidade, que também acabaria com a brecha que permite às pessoas comprar armas sem que seus antecedentes sejam comprovados.

Leia também:  Casal é preso na Rússia por canibalismo e fazer conserva humana com restos mortais

“Farei tudo o que estiver em meu poder como presidente para avançar nestes esforços, porque se há uma coisa que podemos fazer como país para proteger nossas crianças, temos a responsabilidade de tentar”, acrescentou Obama no vídeo.

“Mas, como eu disse antes, não posso fazer sozinho. Preciso de sua ajuda”, disse o presidente.

Obama nomeou na quarta-feira o vice-presidente Joe Biden à frente de uma comissão de trabalho, que buscará fórmulas para evitar novos massacres como o de Newtown, melhorar o acesso a tratamento psicológico e modificar a cultura popular sobre o uso das armas.

Na sexta-feira passada, 20 crianças e seis adultos morreram baleados na escola Sandy Hook de Newtown pelos disparos de Adam Lanza, um jovem de 20 anos que utilizou as armas de sua mãe – assassinada por ele pouco antes – para realizar o massacre. Ele se matou em seguida, segundo a polícia.

Leia também:  Operação na Colômbia faz maior apreensão da história recolhendo 12 toneladas de cocaína

Massacres armados são comuns nos EUA, mas a morte das crianças de Newtown um impacto excepcional no país.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.