Viagem de Nagoya até Yokohama foi de trem (Foto: Marcos Ribolli)

O Corinthians está em Yokohama para a decisão do Mundial de Clubes, domingo, às 8h30m (de Brasília). Depois de vencer o Al Ahly, do Egito, nas semifinais, em Toyota, a delegação alvinegra viajou nesta quinta-feira à tarde para a cidade que abrigará a decisão e uma nova invasão de torcedores do Timão.

Jogadores, comissão técnica e dirigentes deixaram Nagoya às 15h10m de trem-bala em um trajeto de mais de 300km realizado em cerca de 1h20m. Apenas na chegada a Yokohama e no percurso de ônibus da estação até o hotel o grupo contou com escolta.

A aglomeração de torcedores no local ainda é bastante tranquila e melhor organizada. Uma barreira com cavaletes foi montada no saguão para separar os jogadores dos torcedores. Em Nagoya, uma grande aglomeração de corintianos na porta do hotel atrapalhou o desembarque.

Leia também:  Brasil dá show em Cuiabá e avança no Grand Prix

Segundo funcionários, a presença de torcedores corintianos foi menor que a de santistas no ano passado. O número, contudo, aumentará consideravelmente com a aproximação da partida, já que muitos “fiéis” estão hospedados em Tóquio, distante 30km.

A polícia de Yokohama, aliás, espera pelos torcida. De acordo com moradores da cidade, o número de oficiais nas ruas é bastante superior ao habitual. Unidades de policiamento foram instaladas em pontos estratégicos nas imediações do hotel de maior aglomeração.

Enquanto os jogadores descansam, o técnico Tite e outros membros da comissão técnica seguirão para o estádio da final para acompanhar a partida entre Chelsea e Monterrey. Na sexta-feira, o elenco treina no período da tarde.

Leia também:  Derrota diante do Dom Bosco gerou prejuízo financeiro ao União
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.