Foto: assessoria

Após a reunião realizada na manhã de hoje (4) com os carroceiros, jardineiros e moradores das proximidades do ecoponto da Avenida Goiânia que foi fechado ontem (3), o secretário municipal de meio ambiente autorizou que os trabalhadores jogassem  o lixo em uma área verde do outro lado da Avenida, o que causou um desentendimento entre moradores do bairro e o secretário.

De acordo com a moradora Alethéia Patrícia Volpi, enquanto as esquipes de imprensa estavam presentes na reunião Lindomar afirmou que quando o ecoponto foi implantado, no local ainda não havia residências, e que agora para não incomodar a vizinhança o espaço não seria mais reaberto, e que um novo ponto para atender os carroceiros seria providenciado.

Leia também:  Instituto de Brasília realiza curso para assessores em Rondonópolis

Entretanto, ainda de acordo com a moradora, quando as equipes de imprensa saíram do local, Lindomar foi até o outro lado da rua e autorizou carroceiros e jardineiros a jogarem o lixo no terreno. “O que ele fez foi contraditório, tirou o problema de um lugar e colocou em outro, esse terreno está totalmente preservado, os moradores daqui cuidam do local, fazem a limpeza e plantio de mudas, além de preservar a nascente que fica aqui no terreno, agora tudo isso vai virar um lixão”, destaca Alethéia.

A dona de casa disse que os moradores tentaram contestar a decisão, alegando que aquela era uma área de preservação ambiental, mas o secretário não hesitou em dizer que era a Prefeitura quem mandava ali. “Tentamos explicar que isso não resolveria o problema do excesso de lixo despejado, e que ficaria tudo pior, por que o local não é cercado, mas de forma arrogante a secretário disse que a decisão era dele”.

Leia também:  Casario recebe o evento gospel Bendize no sábado (12)

A faixa colocada em frente ao Ecoponto informa que os carroceiros devem se encaminhar ao Lixão da Mata Grande e não ao terreno ao lado, diante disso os moradores afirmaram que vão procurar a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e o Ministério Público para resolver o problema.

Carroceiros e jardineiros depositam o lixo no terreno autorizado pela Secreteria de Meio Ambiente que fica ao lado do antigo ecoponto – Foto: AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.