A produção industrial brasileira registrou queda de 0,6% em novembro de 2012, na comparação com o mês anterior e de 1% em relação ao mesmo período de 2011. O indicador acumulado para os 11 meses do ano também permaneceu negativo, em -2,6%, assim como o índice referente aos últimos 12 meses, que mostrou queda de 2,5% em novembro.

Os dados fazem parte da pesquisa Produção Industrial Mensal, divulgada hoje (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na avaliação do coordenador da pesquisa do IBGE, André Macedo, o comportamento predominantemente negativo da indústria de outubro para novembro e também em outros indicadores mostra que o ano de 2012 foi marcado por um menor dinamismo da atividade.

Leia também:  Grávida que foi baleada na cabeça reage e demonstra melhoras

“Há um maior endividamento das famílias, maior comprometimento da renda dessas famílias, as expectativas dos empresários estão em um patamar mais baixo do que em anos anteriores, o cenário internacional está mais adverso, afetando as exportações do país, e também pela maior presença de produtos importados no mercado local”, justificou Macedo.

Dos 27 setores investigados, 16 registraram queda em novembro, na comparação com outubro, com destaque para indústrias extrativas (-6,7%) e veículos automotores (-2,8%). Já no acumulado de janeiro a novembro, 17 dos 27 setores pesquisados registraram taxas negativas. A atividade de veículos automotores registrou a maior retração, de 13,3%.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.