Parece que o retorno de Israel Paniago a coordenação do Serviço de Atendimento de Urgência (SAMU), está sendo a redenção do serviço que sempre foi considerado exemplo em Mato Grosso e nacional.

O serviço que ficou abandonado nos últimos quatro anos por desarticulação dos coordenadores parece que finalmente reencontrou a sua vocação de bons serviços prestados.

O último coordenador do órgão, o bombeiro Adriangelo Magalhães, fez pouco ou quase nada enquanto esteve a frente do serviço, nomeado pelo então prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), o mesmo conduziu o SAMU ao estilo da administração do ex-prefeito e conseguiu desaparelhar e destruir a imagem da instituição.

Na primeira sessão ordinária da nova legislatura, o SAMU recebeu da administração Percival Muniz R$ 685 mil que certamente serão empregados por Israel com maestria.

Leia também:  Bezerra pode concorrer ao senado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.