Após oito anos, o Corinthians voltará a mandar uma partida com portões fechados para sua torcida. A última vez que o time recebeu essa punição foi no Brasileirão de 2005, após tumultos em uma derrota para o São Paulo por 5 a 1.

Na época, o Timão teve de enfrentar os cariocas Flamengo e Fluminense sem torcedores. Além disso, o Alvinegro não pode usar o Pacaembu, sendo obrigado a jogar as duas partidas em Mogi Mirim.

O primeiro jogo foi contra o Rubro-Negro e o Timão acabou vencendo por 4 a 2. Duas semanas depois foi a vez de enfrentar Fluminense, com derrota por 1 a 0.

O Corinthians foi punido preventivamente pela Conmebol após a morte do boliviano Kevin Beltran Estrada, na partida contra o San Jose, na estreia das duas equipes na Libertadores. O garoto acabou sendo atingido por um sinalizador saído da torcida corintiana.

Leia também:  União faz resultado e fica com título no sub-19

A punição é válida por 60 dias, o que deve dar para todos os jogos da primeira fase da Libertadores, mas pode ser estendida após julgamento na entidade sul-americana, ainda sem data confirmada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.