Um homem de 48 anos foi executado ontem (21) no Texas, no sul dos Estados Unidos, por ter sido declarado culpado de assassinar a ex-namorada ao derramar gasolina sobre ela antes de atear fogo, informaram as autoridades penitenciárias.

O condenado, Carl Blue, morreu às 18h56 no horário local (22h56 no horário de Brasília), após a última apelação ter sido rejeitada pela suprema corte americana.

Sua vítima, Carmen Richards-Sanders, morreu aos 38 anos, 19 dias depois da agressão, que ocorreu em 1994 em College Station, nos arredores de Houston.

Esta foi a primeira execução do ano no Texas, Estado americano que mais pronuncia sentências de morte no país. Blue foi o segundo homem executado nos Estados Unidos em 2013.

Leia também:  Milhares de pessoas marcham em Barcelona contra declaração de independência
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.