Mato Grosso deve receber R$ 1,5 milhão pelos próximos 40 meses para implantação do Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (SUS), do Departamento de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Ciência e Tecnologia, veiculada ao Ministério Saúde. O estado entra com contrapartida de aproximadamente R$ 500 mil por meio de um fundo. A portaria foi divulgada ontem.

O ministério aponta que entre os objetivos do programa estão financiamento de pesquisas em temas prioritários para a saúde brasileira, contribuição com o aprimoramento do sistema e promoção do desenvolvimento científico e tecnológico em saúde. O governo federal detaca que o programa é uma iniciativa inovadora por se desenvolver em um modelo de gestão descentralizado e participativo, envolvendo diversos atores: gestores, profissionais de saúde, pesquisadores e representantes da sociedade civil.

Leia também:  Sine de MT tem 800 vagas de emprego

Conforme o governo, o programa constitui uma ferramenta potencialmente indutora para que os principais problemas de saúde da população figurem entre as linhas prioritárias de investigação dos pesquisadores brasileiros, tendo a relevância sócio-sanitária.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.