O prefeito municipal de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS), pode acabar desistindo do projeto de transferir à sede da prefeitura, para a antiga sede do grupo André Maggi, na avenida presidente Médici, a revelação aconteceu durante a coletiva à imprensa, do anuncio do início das obras de instalação do grupo Havan, no município. “Vou tentar fazer de tudo, para convencer o grupo Pão de Açúcar, que não é preciso demolir o antigo prédio da Amaggi, para construir o supermercado, a prefeitura pode oferecer uma área até maior do que a que eles querem, como por exemplo, o terreno da antiga rodoviária ou outro na própria Médici que é bem maior do que eles querem”, pontou o prefeito.

Leia também:  Zaeli fala do projeto do IPTU e também sobre os problemas no Aeroporto Municipal

Muniz ainda justificou o motivo de oferecer outra área ao grupo. “Aquele prédio e moderno e grande, não acho necessário demolir aquele prédio, lá pode servir para outras coisas, mas caso a rede não queira de jeito nenhum outra área, e bater o pé que só aquele local serve, ai vou abrir mão, para não perder o investimento na cidade”.

O prefeito chegou a enviar no começo do mês de fevereiro, um projeto de lei, a Câmara municipal de Rondonópolis, onde garantiria o direito a preferencia na compra da antiga sede da Amaggi ao poder executivo municipal. O projeto foi aprovado com 18 votos a favor e três votos contrários.

Assaí Rio de Janeiro

ASSAÍ ATACADISTA

Hoje em dia, o Assaí Atacadista está em franca expansão, possui 62 lojas funcionando com auto-serviço, além de um departamento capacitado para atendê-lo em vendas externas.

Leia também:  Poder Executivo discute novo modelo de IPTU com presidentes de bairros de Rondonópolis

O Assaí Atacadista comercializa, em média, 9 mil itens em suas lojas entre mercearia, perecíveis, embalagens, bazar, higiene, bebidas e limpeza, de grandes marcas nacionais, regionais e importadas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.