A cantora Rita Lee foi absolvida da acusação de desacato no processo impetrado por 35 policiais militares de Sergipe em virtude da discussão em que a cantora se envolveu com alguns militares durante um show realizado  na Barra dos Coqueiros, na Grande Aracaju, em janeiro do ano passado .

A sentença foi proferida pelo juiz Alexandre Lins, do 7ª Juizado Especial Cível. Segundo ele, apesar de desacato ser um crime e quem o comete está sujeito à prisão, o agente público envolvido no evento não tem direito a ser compensado financeiramente pelo acontecido, pois deve estar peprado para passar por esse tipo de situação.

Advertisements
Leia também:  Acidente envolvendo carreta, ônibus e 2 ambulâncias deixa dezenas de mortos e feridos no ES

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.