“Eu não aguentava mais!”. Acelerada, falando alto, bem ao jeito Maroca de ser, Anamara conversou com a imprensa sobre deixar o BBB 13 na noite desta terça (5), no Projac, na Zona Oeste do Rio. Em sua segunda chance, ela afirmou ter sentido mais dificuldade.

“Em 2010 estava tudo lindo, dessa vez, não. Perdi o humor, vim focada no prêmio e fui ficando cansada. Pra completar, fui pro paredão na TPM”, disse ela.

Para Anamara, a convivência com Fernanda e Kamilla se tornou insuportável.

“Eu estava de saco cheio. Ia dar um tabefe na cara da Fernanda. É um mecanismo de defesa que trago da infância, bater para me defender”, disse, mudando o riso por lágrimas.

Leia também:  O Rico e Lázaro | Interessado por Edissa, Nabucodonosor exige que a serva lhe ajude no banho

“Ela vota em mim, então quer me ver fora, mas daí vem me abraçar e dizer que está sofrendo? E a Kamilla, pelo amor de Deus, não aguentava mais essa coisa exibicionista e exacerbada. Mas não estou aqui para falar delas, e sim de mim. Vamos às perguntas!”.

Anamara destacou ainda que o jogo, na fase atual, já não esconde quem é quem.

“Depois de 50 dias, não tinha mais o que fazer para chamar a atenção. Não me arrependo do que fiz, mesmo deixando de ganhar R$ 1,5 milhão”.

Na torcida por Fani, Maroca quer aproveitar as oportunidades e não se deslumbrar, como da outra vez.

“Eu não tinha noção da vida após o BBB e deixei todo mundo se aproveitar de mim. Saí ajudando todo mundo mesmo sem ter ganhado o prêmio, e torrei tudo o que tinha. Investi em um programa de TV que não deu certo, perdi muito até que uma amiga me propôs uns sociedade. Logo em seguida, veio a nova chance no Big Brother. Quem sabe esse meu jeito maluco não me leva pro Zorra Total?”, sugeriu.

Leia também:  Resumo de novelas desta quinta-feira (17)

Conheça (aqui) a página de ENTRETENIMENTO do site AGORA MT

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.